Putaria No Trem II

Putaria No Trem II

Olá, meu pseudônimo é Casa Blanca…em meu primeiro conto,relatei como comi uma gata no trem. Este é um pouco parecido,porém foi mais arriscado,pense!…Como falei,tenho 34 anos ;1,75;olhos e cab cast;moreno claro;80 Kg…dá pr andar de mãos dadas…rsrs…a gata do conto a chamarei de Sophia; 30 anos;1,65 aprox;65kg apox;branca;cabelos pretos e lisos;..enfim,uma gata! …Bom,tudo começou quando entrei no trem e me posicionei em minha poltrona. Fiquei,como sempre, observando as pessoas que chegavam…nisso ela chega e senta-se numa poltrona à minha direita..só ela numa poltrona dupla…ficou do lado do corredor..e eu não pude deixar de observá-la..ela usava óculos escuros,uma calça jeans e uma blusa estampada e com um decote um pouco aberto,fato que observei quando ela se virou pra olhar pra trás por cima do ombro esquerdo…pude ver seu busto…um decote onde vi apenas a parte de cima de seus seios…lindos!…brancos,grandes e durinhos…e quando ela virou pra posiçao normal,nossos olhos se cruzaram e pude esboçar um “oi”..ela somente cumprimentou também…mas continuei a olhá-la…muito séria,pensei..acho que essa aí não vai me dar bola…vi que lia um livro de Literarura Brasileira..aí vi mesmo que só poderia ser alguém muito séria mesmo…mas…sou brasileiro!…um pouco tempo depois,vi que ela levantou-se pra ir ao banheiro…esperei um pouco e me levantei também,pois derrepente ela poderia ficar naquele vão que separa os vagões pra admirar as paisagens e eu já estaria lá pra puxar conversa…mas quebrei a cara…ela saiu do banheiro e foi direto pra poltrona…mas o destino foi bom comigo…não demorou cinco minutos ela volta e me pergunta se sou funcionário da empresa,pois ela teve um pequeno problema(ela me viu cumprimentar os funcionários do trem)…disse que não,mas talvez poderia ajudá-la…ela pediu desculpas e saiu…eu tentei dizer que ela ficasse pra conversar,mas foi simpática e disse NÃO…Mais tarde a encontrei pelos corredores e a cumprimentei e perguntei se havia resolvido seu problema..ela disse que sim e ficamos conversando no outro vão dos vagões…perguntei seu nome,pra onde iria…coisas assim…cinco minutos de conversa olhei em sua mão e comentei…ixe,você é casada,hein!…ela disse sim,há cinco anos,por quê?..falei, porque tava pensando seriamente em dar em cima de você…ela sorriu e virou o rosto…falei,sério! disse…ela só balançou a cabeça num negativo bem discreto….sorri também…falei que se ela não ficasse chateada faria isso….ela apenas sorriu…disse que ela era linda..que tinha uma pele bem limpinha…e uma boquinha bem sensual…o cabelo então…ela apenas escutava,me olhava e sorria…perguntei se podia pegar em sua mão…e fui pegando..a apertei,acariciei…e ela puxou bem discreto…sorrimos…falei que tava com vontade de lhe dar um beijo..ela disse,tá louco!…apenas um selinho bem rápido…ela ficou calada…pronto!…essa foi a resposta…olhei se não viria alguém,voltei e disse..posso?…ela apenas me olhou…me aproximei rápido e a beijei..um pouco demorado…ela puxou o corpo e falou…selinho é assim?…sorri e falei..desculpe,deixe então eu dar o selinho…ela sorriu e a beijei de novo,do mesmo jeito…ficamos mais à vontade e começamos a conversar sobre relacionamentos, inclusive da aventura que tive ali no trem tempos atrás…ela disse que era doido e que não teria coragem…falei que todos temos,bastava a vontade…ela concordou…olhei pra seu decote e falei que eles pareciam lindos…ela tentou fechar a blusa,mas retruquei e falei pra ela não fazer aquilo,pois já que não poderia pegá-los,queria ao menos vê-los…ela deixou…continuamos a nos beijar cada vez mais ardente….respiração já ofegante…não resisti e peguei em seus seios ali mesmo…ela deixou e respirava forte…eu os amassava bem gostoso…eram grandes e macios….até aí somente os pegava por cima da blusa…mas vez por outra passava alguém e tínhamos que parar…depois continuáva-mos até que ela deixou eu coloar a mão por dentro…caramba! que Sensação gostosa…seios grandes e durinhos…os biquinhos pontudos e rosadinhos…ela não tinha filhos…ainda tavam uma delícia…nas encochadas ela perebeu o volume na minha calça….meu cassete tava durinho…mandei que o pegasse…ela apenas pegou por cima da roupa e ficava apalpando bem gostoso….já mais tarde,no outro vão,já estávamos mais ousados…eu rapidamente via se vinha alguém e falava pra ela colocar um seio de fora que iria chupá-lo…ela fazia e eu muito rápido o chupava bem gostoso por uns cinco segundos no máximo…parava e olhava de novo…dizia que agora era o outro…ela me chamava de doido..mas fazia o que pedia,pois tava gostando da sacanagem….(me confidencoiu que nunca tinha feito isso e nem nada fora do casamento)…falei que sempre teria uma primeira vez….era a vez de eu meter a mão em sua calça…fazia da mesma forma…muito rápido…não dava pra sentir muita coisa..depois foi a vez de eu colocar meu pau de fora…ela ficou doida…achou lindo…durinho,com a cabeça melada e rosadinha…ela mordeu os lábios e mandou eu guardar se não o pagaria e não largaria mais….falei que poderia pegar…ela pegou e começou a amaciá-lo e punhetá-lo….falei que queria gozar na mão dela ali mesmo…ela largou e disse que tava doido…sorrimos e nos beijamos…mas a cacanagem continuava e queria ousar mais…falei que quando eu ver que não tinha ninguém por perto,era pra ela se abaixar bem rápido e chupar meu cassete…ela relutou um pouco,mas cedeu…quando vi que não vinha ninguém…mandava e ela obedecia…abaixava bem rápido e chupava….aaiii como era gostoso…mas era muito rápido…queria mais…ela repetia…mas continuava muit pouco…ficamos apenas nesses amassos…voltamos pras poltronas…agora sentamos juntos…ela pegou um lençol e nos cobriu devido ao frio…por baixo a gente começou a sacanagem de novo…coloquei meu pau pra fora da calça e ela começou a punhetá-lo….hummm..era gostoso demais…dava vontade de gozar ali mesmo….pedi que ela abrisse a calça…abriu e desceu o zíper…desceu um pouco a calça…virei de lado pr ela como se estivesse dormindo…estiquei a mão e introduzi em sua calcinha…a bucetinha dela tava bem raspadinha,e molhadinha, esta que não pude notar la fora…meus dedos indicadores e médio brincavam em seu clitóris, que por sinal era bem pequeno…sua bocetinha era daquelas bem fechadinha,mas que ficava incharcada…a bolinava até ela gozar gostozinho na minha mão…ela mordia o lençol e faltava a gritar…gozou bem baixinho e gostozinho pra mim…como o pessoal da poltrona do lado esquerdo havia saído e oum senhor que tava na nossa frente havia dormido…atrás também tava dormindo, pedi que me chupasse ali mesmo…ela ficou com medo…mas gostou da idéia,pois depois que viu meu cassete e o ahou lindo, essa vontade não saia da sua cabeça….eu ficava observando por cima das poltronas se viesse alguém…como não vinha…ela começou a chupá-lo e como chupava gostoso…agora sim,pude sentir realmente a chupada dela…mais demorada…mesmo parando de vez em quando com medo..mas a tranquilizava,pois tava vendo todo o movimento…..ela continuou a chupar, a lamber, morder,enfim…um boquete completo…ela era uma delícia….chupava com gosto,..ás vezes forte, ás vezes macio…devagar…rápido….uma delícia mesmo…isso tudo juntado ao medo….aninciei que iria gozar…ela acelerou e chupou mais forte…gozei como nunca…parecia que era múltiplo..não parava de sentir aquela sensação de gozo…enchi sua boquinha com meu leite…ela apenas engoliu a metade, a outra ela colocou num saquinho e pôs no lixo…mas continuou a massagear meu cassete por baixo do lençol…uma delícia…depois disso cochilamos e chegou em sua parada…trocamos e-mails e fones…já faz um mês que estamos nos contactando pra uma próxima vez a gente fazer o serviço completo…e pode ter certeza que relatarei aqui como foi….Meu contato é [email protected]

Contos relacionados

A Amiga Da Minha Namorada

A amiga da minha namorada Olá, me chamo Marcelo, sou moreno de olhos castanho-escuro, sou personal treinner em uma academia, entao ja deu pra sacar que sou bem sarado; estou sempre rodeado de garotas lá na academia, e eu sou bem safado,eu tambem...

Minha Mulher, Eu E Nosso Amigo ( Real )

Somos um casal de 50 anos, sempre desejei ver minha mulher com outro, mas ela nunca aceitava. Certa vez conversando com um velho amigo por telefone, ele me contava que estava vivendo um momento difícil, sem mulher, sem grana, havia vendido o carro prá pagar...

Comi A Coroa Carente

Comi a coroa carente Olá!!este é meu segundo conto, e vou contar minha segunda experiência sexual. O conto é real, os nomes são reais não tenho pq esconder... Não sou super em nada, sou um cara bem comum que passo despercebido na...

Mulher Maravilha Maravilhosa

Já passavam das 11:00 hs da noite, e eu peguei o último lotação para voltar do serviço para casa. A motorista abriu a porta me encarando bem no meio das pernas... E já foi logo dizendo que a noite prometia... Desconfiado, vi que a lotação estava...

Meu Motorista Gosotoso

Sou gerente de banco tenho 1.69 sou loira olhos castanhos, um corpo magro mas com seios e bunda grande, viajo mto para as agencias do interior, reunioes... enfim a trabalho, Quebrei o pé e como nao tinha como dirigir o banco me disponibilizou um motorista...

No Banheiro Do Estádio Com Renan

Eu nunca fui de acompanhar jogos de futebol, seja eles pela televisão ou em estádios. Mas naquela semana eu estava destruída com o término do meu namoro de quase 4 anos. Queria sair sozinha, espairecer, fazer coisas que nunca fiz... E em uma delas, vi que...


Online porn video at mobile phone


site de contos eróticoscontos eroticos insestocontos eróticos famíliaconto eroticos lesbicascontos eróticos de lésbicascontos mae filhosite de conto eroticocontos eroticos verídicoscontos de sexo explícitocontos surubacontos eroticos curtoscontos de scatcontos eróticos virgemcontos eróticos esposa safadacontos eroticos professorcontos eróticos troca de casaisencochadascontos de sexo lesbicoconto tiaconto erótico românticocontos eroticos com a empregadacontos de sexo entre irmaoscontos de sacanagemcontos eroticos punhetaconto incesto realcontos eróticos casadadepoimentos eroticossite de contos eróticoscontos eróticos proibidocontos sroticoscontos eroticos academiacontos de incesto maec0ntos eroticoscontos de sexo pai e filhacontos de incesto de mae e filhocontos eróticos cucontos eroticos lesbicoscontos pornograficohistorias pornograficacontos tia safadacontos insestocontos textonmeus fetiches contosmelhor conto eroticocontos de insestoconto erotico troca de casaiscontos eroticos no onibusconto eroticos gratiscontos eroticos de lesbicasconto erotico primeiro analencoxada no busãocontos eroticos de virgemcontos gravidascontos eroticos gravidacontos eroticos amigascontos eriticoscontos eroticos tiacontos de incestocontos eróticos de namoradoscontos de sexo entre irmaoshistórias reais de incestocontos incesto realfetiches eróticosconto erotico incestocontos eroticos verídicoscontos erotico maecontos eróticos comi minha filhacontos eroticos pra gozarcontos eroticos primacontos de punhetacontos eroticos com primoscontoeroticoscontos insestosconto erótico lesbicocontos eróticos verdadeiroshistorias reais de cornoscontos eroticos pai e filhascontos eroticos analconto heroticocontos insestodei o cucontos de incesto entre mãe e filhocontos eróticos academiacontos eroticos casa dos contoscontos eróticos perdendo a virgindadecontos de incesto entre mãe e filhoporno contoscontos lésbicos