Menage Feminino (verídico)

A culpa foi do SOL

Certa vez, eu e meu marido tinhas programado passar uns dias no litoral. Ele teria compromissos profissionais lá. Teria que faze rum acompanhamento de evento por 3 dias , e sempre a tarde, ele ia trabalhar.

Tenho uma amiga que nos últimos meses teve alguns problemas pessoais. Estava meia Depre e para ajuda-la, convidei para me fazer compania nesta viagem. Assim eu não ficaria sozinha e ela distrairia a cabaça um pouco com outras coisas.

Chegando lá, fazíamos o que todas mulheres fazem numa praia. Tomar sol e mais sol pra ficar bronzeada.

Tomávamos Sol de manhã na praia com ele, e depois do almoço quando ele ia para o trabalho, tomávamos sol no quintal da casa que estávamos.

Na intenção de ficarmos bem bronzeadas, demos uma mega exagerada nisso. Quando estávamos em casa e ele já tinha saído a trabalho, tomávamos banho de Topless para que não ficasse as marcas do bikini. Só tinha a gente mesmo!

Que besteira que fizemos. Ficamos extremamente queimadas, ardidas, Queimamos muito as costas, a barriga, os ombros, as coxas e por estupidez pura, por estarmos fazendo topless ,os seios. Até a aureola ardia. Ardia demais. Incomodava bastante usar uma simples camiseta. Se movimentar então era sofrível.

Quando ele chegou, quase a noite, e viu as duas sofrendo com tudo aquilo, puxando a camiseta pra não encostar no corpo, até ironizou. Que estas duas pensam que é ? e ria da cara das duas (kkkk).

Pediu para as duas tomarem banho frio e não se enxugarem e usar um lençol molhado sobre o corpo como avental que ele iria buscar alguma coisa na farmácia pra tentar ajudar. Tomamos banho e aliviou um pouco.

Ele voltou com Caladryl e outro creme hidratante. Pediu para eu deitar de bruços, com as costas para cima, levantei a camiseta e ele passou o creme em minhas costas. ( Caladryl é muito bom). Depois pedi para ela deitar do meu lado e eu passei nela. Depois, virei com o rosto para cima para ele passar nos ombros e na barriga. Passou na barriga, nas coxas mas não dava para passar na parte da frente dos ombros. Então, tirei a camiseta.

Minha amiga viu e ficou atônita e com muita vergonha. Disse a ela que era melhor passar vergonha naquele momento do que sofrer com tanta queimadura pelo corpo. Ela só ria envergonhada.

Meu marido passou em meus ombros, nos meus seios, no pescoço e ela só olhava e perguntava se estava aliviando. Dizia que sim, o creme é muito bom e ajuda bastante.

Perguntei se ela queria. Ela só deu um sorriso e não disse nada. Eu disse que iria se sentir muito bem, mais suavizada.

Ela disse que tava com vergonha. Eu disse, vergonha de que. ? Ele é seu marido, é diferente.

Eu disse: Seios tem na televisão, nas novelas, nas propagandas e em todos os momentos.. quase a toda hora, e também tem praias onde se faz topless.

Ela disse: Mesmo assim é diferente Débora.

Me deitei e pedi para meu marido passar novamente em minhas costas.

Eu dizia, fique tranquila, estamos só nós 3 aqui. Eu sou mulher igual a você.

Dessa vez pedi para ele passar nas costas dela tbem. Após ter passado nas duas, virei de seios para cima, e passou mais um pouco em mim. Ela via que eu estava me sentindo muito melhor pois estava aliviando muito os ardidos da queimadura. Era muto refrescante

Então ela me perguntou – Se eu me incomodava com presença dela na nossa frente? disse que não. Estávamos no mesmo barco.

E ela disse – E se eu me virar de frente, você vai se incomodar? Eu disse que não também.

Então ela disse: vou fazer, morta de vergonha, mas vou fazer pois estou ardida demais e não to aguentando, to sofrendo muito com essas ardências

Mesmo de bruços, de barriga pra baixo ela tirou a camiseta, tampou os seios com as mãos fechou os olhos e se virou. Mas com as mãos tampando os seios.

Eu passei creme na barriga, nas coxas, nos ombros, no torax..

Pedi para meu marido sair de perto e quando ele se afastou, sugeri para ela tirar as mãos, não ter vergonha que estava tudo bem . Ela riu, fechou os olhos e tirou as mãos dos seios e colocou as mãos nos olhos. De imediato ela disse, “”Aí que vergonha””. “”To morta de vergonha””

Eu comecei a passar o creme nos seios dela. Achei uma experiencia exitante demais. Ela disse: Ai que alívio, que refrescante. Eu disse a ela: ta vendo, o creme é realmente muito bom. Eu dizia a ela que estava tudo bem, pra ela não se incomodar com nada. Passei nos seios, nas aureolas dos seios e ela foi se sentindo muito aliviada..

Ela tirou as mãos dos olhos e disse, deixa eu passar em você também. E deitei e ela passou em todo meu corpo, nos seios, em tudo

Chamei alto por meu marido e pedi para ele trazer algo pra bebermos.. (Vinho e cerveja era o que tinha)

Meu marido foi buscar bebidas e enquanto isso, uma passava creme na outra.

Quando voltou ela se assustou e tampo-se de novo. Se cobriu com o lençol novamente e meu marido nos serviu vinho.

Bebemos e fomos bebemos e conforme o tempo ia passando a vergonha foi se dissipando. (Já estávamos meio alegrinhas.)

Entao, depois de algumas doses, eu suavemente fui tirando o lençol que a cobria, e ela até que tentou resistir, mas não conseguiu impedir… Fui puxando, puxando até que tirei tudo e enfim ela ficou com os seios amostra. Livre, leve e solta

Mostrou aqueles seios queimados de sol pra mim e pro meu marido. Percebi que ele se exitou… e diante de tudo aquilo, comecei sutilmente a massagia-los.. e ela a massagear os meus.. fomos nos aproximando uma da outra e a beijei nos ombro, depois no rosto e um selinho nela… Ela correspondeu e me deu outro. E ficamos trocando carícias sutilmente. Adorei … Massagear ela e receber o mesmo carinho dela nos meus.

A certa altura, olhei pro meu marido e disse – Ta gostando? Ele não disse nada mas dava pra ver a bermuda dele quase explodindo.

E disse a ele passa creme em mim…

E ia passando em meu corpo e eu aproveitava e tbem passava nela. E as duas só rindo e rindo. Peguei a mão do meu marido e disse pra passar nas duas. Ela totalmente receptiva, afastou-se um pouco e deitou-se no chão sobre o tapete e passava creme no corpo dela. Ela só ria e ria… e eu ria junto com ela.. Era divertido, sensual e erótico ao mesmo tempo.

Eu as vezes o beijava, ele me beijava e no auge daquela cena estávamos no beijando , um ao outro

Pedi para ele deitar ao nosso lado, de barriga pra cima. O beijei e fui descendo pelo peito dele, barriga, até que cheguei na bermuda dele.

Coloquei a mão em cima do peru dele massageei suavemente por cima do shorts. . Ela olhava, meio séria, calada, e ligada. Ví que ficou com vontade, então disse, vem?.

Ela venho, começou a passar a mão , respirava mais intensamente. Eu gostava de ver tudo aquilo. Me exitava.

Eu a beijei, tirei a mão dela de cima, peguei a mão dela e enfiei por dentro do shorts. Ela suspirou. Tirei toda a roupa dele . Nossa, ela agia como se tivesse tido um orgasmo ao ver aquele membro rígido. Disse a ela, pega, continue. Ela o segurou e começou a fazer movimentos, e olhava o peru dele, e movimentava mais e mais. Fiz ela parar, me aproximei e comecei a fazer oral nele. Ela me olhava e ficava mordendo os lábios

Parei, olhei pra ela e disse: Quer sua boba?. Ela se afastou um pouco, abaixou a cabeça e começou a fazer oral no peru dele. Nossa, ela tava meia ofegante, respirava forte. Fazia com vontade.

Me afastei enquanto ela o sugava, tirei toda a calcinha do bikini e cheguei toda nua perto dos dois. Fiz ela parar com tudo aquilo , sentei em cima dele e comecei a cavalgar.

Nossa, ela olhava, as vezes dava um beijo nele, na barriga, na boca. AS vezes me beijava nos seios e cavalguei, demais . Ela ficou parada vendo aquilo tudo. Sai de cima dele, ele ainda com o peru de pé, deitei do lado e disse a ela.. Vai, Vai continue. Não deixe ele esfriar.

Puxa vida, ela se moveu, tirou a calcinha do bikini se colocou em cima dele e começou a cavalgar feito uma louca. Aquilo tudo me exitava, me deixava louca de tesão. Ver os quadris dela se movimentando, ver aqueles seios vibrando com cada movimento me deixava louca de tesão. Nunca imaginei que ver uma cena de sexo, bem na sua frente é tão prazeroso. Que loucura mais gostosa. Disse a ela, fica de 4 pra ele….

Ela ficou de 4 e ele a pegou … Cada estocada forte.. Nossa que visual mais lindo.

Como ele é um tanto dominador, ele puxou os cabelos dela e dava cada estoca forte, batia na bunda dela, e ela só gemia e gemia e gritava feito uma cachorra safada. Era maravilhoso tudo aquilo. E fomos assim naquela noite maravilhosa sendo literalmente possuídas. Ela deu de 4 eu dei de 4 …

Até que ele gozou, forte, escancarado sobre os seios dela (ela delirou) e eu ainda direcionei aquele gozo quente pra minha boca. e terminamos tudo, tudo aquilo com mais bebidas e mais trocas de beijos e carícias.

De tão bêbados que estavam as duas, ao terminarmos , pegamos no sono…

Durante o dia seguinte, continuamos a usar os cremes, melhoramos as duas, com uma leve ardência e fomos embora.

Ainda tivemos mais um encontro nós 3 (eu, meu marido e ela) e esse foi muito mais selvagem onde a mesma pode literalmente dar tudo, tudo que nunca tinha dado e com todo meu apoio ela deu e foi maravilhoso poder propiciar esse prazer a ela.

Tenho certeza que foi muito bom pra todas as partes e principalmente a ela pois ela me disse que fez coisas que tinha vontade mas nunca teve coragem.

Desde essa vez, me interessei por conhecer outras mulheres pra ter encontros de Menage.

Contos relacionados

Minha Esposa Na Academia I

Olá.. este texto todo é o que ela me contou ... e posso dizer a vocês que foi muito excitante Eu estava indo para academia com meu programa de treinos e hoje o treino é justamente o que eu mais gosto de treinar ... (pernas ) sou morena e tenho o...

Na Praia De Iracema

Fui passar as férias do meio do ano em Fortaleza. Não sei bem o porquê de ter escolhido Fortaleza, em meio a tantas cidades lindas, no litoral brasileiro. Desembarquei no aeroporto da cidade e uma van me levou para o hotel, que fica a uns três...

Luci A Casadinha Insaciavel

CONTO ÉROTICO HÉTERO  Luci a casadinha infiel, um tesão de mulher Manhã de sábado, me encontrei com a Luci no serviço onde ela trabalha como atendente de uma empresa de telecomunicação, sés horas ela sai na portaria do prédio ainda com o...

18 Anos E Doido Pra dá O Cu.

  Ate que enfim chegou o tão aguardado aniversario de 18 anos, nos dá a falsa impressão que estamos emancipados, independentes e coisas afins. Resolvi então comemorar de uma forma diferente: dando o cu. Diferente porque? Não queria dá o cu a qualquer...

Casada E O Filho Da Empregada Evangêlica

meu nome é marluce, tenho 44 anos. sempre tive atração por homens mais novos, mais especificamente, pré-adolescentes, mas sempre foi uma fantasia que guardei pra mim, por receio dos julgamentos da sociedade em que vivemos. apesar de não ter...

Gozaram Na Calcinha De Minha Esposa

GOZARAM NA CALCINHA DE MINHA ESPOSA SOU CASADO A 10 ANOS E SEMPRE TIVE A FANTASIA DE VER MINHA ESPOSA ENTRANDOEM OUTRA VARA. ELA, NEGRA LINDA CORPO SARADO 30 ANOS DE IDADE. CERTA VEZ TIVE A IDEIA DE CONVIDAR UM AMIGO PARA VIR AQUI EM CASA BEBER COM AGENTE....


Online porn video at mobile phone


contos exibicionismocontos eroticos de virgenscontos eroticos de casais liberaiscontos eroticos com gordinhascontos de sexo incestocontos eróticos proibidocontos eroticos contados por mulherescontos eroticos fetichecontos porno cornocontos pornograficocontos eroticos apimentadoscontos eróticos de cornoconto erotico abusadacontos de incestosconto erotico menagecontos eroticoddupla penetração contosconto erótico 2019contos negaocontos eroticos maridoirma contos eroticoscontos eroticos por mulherescontos eroticos de virgemconto pornoscontos eróticos cornoconto de traicaocontos eróticos verídicocontos incestoscontos eróticos papaicontos eroticos com gordinhasconto erotico realcontos eróticos academiaconto erotico putariacontos eróticos com paicontos eroticos pequenosencoxada no busãocontoeeoticocontos eroticos atualizadosmenage contosempregada contocontos eroticos na infanciacontos erooticosconto erótico cunhadacontos eroticos flagraencochada no tremconto erotico comi minha filhacornos contosconto erotico academiasuruba contoconto erotico veridicoconto erotico veridicoconto erotico casadacontos de sexo entre irmaoscontos cornoscontos fetichecontos eróticos de mulheres casadasconto erotico amadorcontos eroticos com padrecontos porno de incestoconto erotico incestocontos comendo a irmacontos eroticos animadoscontos eroticos animaiscontos tiacontos de incesto reaisconto erocontos sexo lesbicocontos eróticos amadorcontos eroticos porncontos eróticos românticoscontoerotococontos eroticos com padrescontos eroticos sobrinhascontos eroticos praiacontos eroticos da vida realcontos eroticos de incestocontos eroticos professoraconto erotico namoradaeu minha mulher e um travesticontos eroticos cavaloconto erotico cunhadaconto erotico professoracontos eróticos de surubacontos eroticos virgensmenage contosconto erótico irmãcontos erot