Dei Pro Meu Instrutor No Carro Da Auto Es

olá, me chamo Luisa, tenho 1,65 de altura, magra, morena, olhos castanhos e cabelos castanhos longos e lisos, isso aconteceu a uns 6 anos, na época tinha 20 anos, tinha acabado de sair de um relacionamento, e ia começar minha aulas de volante, estava esperando o novo instrutor pois a que eu havia escolhido tinha ido pra outra cidade e o que estava disponível não era de minha confiança. quando me ligaram marcando a primeira aula…

cheguei na auto escola bastante empolgada pra começar a dirigir, e quando chego na recepção dou de cara com um rapaz, 1,93 de altura, 90 kilos, loiro olhos azuis, e um sorriso que me deixou meio zonza… ( tenho paixão por loiros altos) foi quando me apresentaram como meu novo instrutor, saltei de alegria, já tava empolgada com a carteira e com um deus grego daqueles como instrutor não faltava mais nada…

as aulas foram passando e começamos a nos entrosar cada vez mais, e já não nos tratávamos como instrutor e aluna, tínhamos uma intimidade muito grande, e notei que ele começou a ter ciumes de outros alunos que vinham falar comigo.

um dia na aula de moto eu tinha caído e estava com um pouco de medo, pensei em desistir, e ele resolveu me ensinar de outra maneira, subiu na minha “garupa” e foi me ajudando a conduzir, ele com aqueles brações envolta de mim e segurando minhas mãos no guidão, eu não queria mais sair dali… ai ele disse “agora vou segurar na cinturinha”, nessa epoca gostava muito de ousar com roupas mais atraentes, e senti a respiração dele perto do meu pescoço, quando ele falou que gostou do meu perfume e subitamente parou a moto e desceu, ordenando que eu continuasse sozinha… dei umas 4 voltas quando a moto apagou, ele correu ver o que tinha acontecido e a gasolina havia acabada… fomos tirar um pouco de gasolina da outra moto e nisso ele chupou e veio gasolina na boca, e eu era fumante nessa hora tinha ido fumar um cigarro, e ele falou:

– só não podemos nos beijar pois senão pega fogo!

eu sorri, terminei meu cigarro e voltei pra aula.

no final quando ele estava me levando pra casa começamos e falar besteiras, ele disse que qualquer hora ele ia invadir meu quarto, já que eu morava com uma amiga, ou coisas tipo “você pode me ligar a hora que quiser, pra qualquer coisa” e quando já estavamos chegando na minha casa ele me olhou e brincou “e ai Pernuda, quer ir mesmo pra casaí” e eu respondi

-Depende de pra onde você quer me levar!

ele apenas virou a volta e foi pro sentido contrario a minha casa, como eu fazia sempre as ultimas aulas da auto escola, depois de me levar pra casa ele iria pra casa dele.

fiquei em silencio enquanto ele dirigia, sem saber pra onde ele estava me levando… ele entrou em uma estrada que ia para o interior, estrada deserta, e parou o carro, continuei calada… meio assustada pra ser sincera… foi ai que ele soltou o cinto e pediu pra soltar o meu também, quando soltei ele disse:

-então vamos ver se pega fogo?

nisso ele me puxou pela cintura e me beijou com muito desejo… eu me deixei envolver e não perdi tempo comecei a passar a mão por aquele peito e barrigas definidas que ele tem, ele foi beijando meu pescoço me deixando arrepiada ai tirou minha blusa e começou a sugar meus peitinhos, sugava com muita vontade enquanto suas mãos percorriam meu corpo, tirei a camiseta dele e pude ver aquele corpo bem desenhado a meia luz,enquanto ele beijava todo meu corpo, sussurando “Delicia” “gostosa” quando ele abriu minha calça jeans, e meteu a mão por dentro da minha calcinha, eu já estava todo molhadinha, e ele foi mais a loucura, senti aquela pica enorme latejando dentro das calças dele e não pensei duas vezes abri as calças dele e fui retribuir aquela massagem deliciosa que ele fazia em minha xaninha… foi ai que eu tive uma surpresa, quando segurei aquela pica, ela era enorme e grossa, mau minha mão conseguia fechar, era muito grossa, fiquei massageando e ele tirou o resto de minha roupa e me puxou pra cima dele… eu tava doida de tesão e fui com muita pressa, mas quando senti aquela cabeça enorme na portinha da minha xaninha vi o quanto era grande… eu forcei pra entrar mas na mesma hora senti como se tivesse rasgando a coitadinha, e ele segurou em minha bunda e foi empurrando de vagar, até entrar totalmente, sentia minha xaninha latejando, me senti sendo desvirginada denovo. mas não me importei afinal a muito tempo eu esperava por aquele homem dentro de mim.

ele bombava de vagar pra não me machucar, enquanto sugava meus peitos, e gemia baixinho, eu já enlouquecida de tesão, comecei a rebolar, e quicar em cima daquela pica enorme, sentindo a pressão que fazia dentro de mim… e logo ele me segurou pela “Cinturinha” e começou a bombar também, estamos suados, e eu passava as unhas pelo peito dele enquanto mordia o canto dos labios e gemia… e isso o deixava ainda mais louco e pussava mais forte, o suor escorrendo em ambos, até que ele me segurou firme, e eu senti os jatos do gozo dentro de mim, e gozei junto… cai sobre o peito dele e ficamos ali calados por alguns minutos, até um caminhão nos surpreender…

no dia seguinte ele me enviou uma mensagem dizendo que era pra sermos mais caltelosos pois sujamos o carro e o dono da auto escola acabou desconfiando…

alguns dias depois foi a vez da garagem de motos… mas essa eu conto outra hora!

Contos relacionados

Esse é meu desabafo sobre Meu relacionamento com minha irmã mais nova, Mikaela mais a chamo de Mika. começou bem cedo, eu sou o mais velho e lógico ela é a mais nova. Hoje ela tem 18 e é linda, tem a pele branca, magra seus peitos são pequenos...

Eu era nova no apartamento e não tinha intimidades com os meus vizinhos, mas constantemente ouvia os sons das brigas conjugais que vinham de lá, o homem parecia estar sempre embriagado e a sua esposa recusava a se deitar com ele. Alguns dias após a minha...

Meus pais ainda não estavam preparados para me receber, entre idas e vindas de um relacionamento conturbado eu acabei perdendo a minha mãe num parto prematuro. Não sei precisar quando tudo isso começou, mas foi mais ou menos assim. Eu era a gatinha do...

Sempre brincávamos em nossas transas que ela estava fudedo com o chefinho. No início ela dizia que estava fazendo aquilo só pra me agradar. Só que eu sempre notei que ela tinha uma queda por ele. Em vista disso passei a provocá-la pra ver se ela...

Por mais que ele quisesse manter as aparências eu podia sentir a algum tempo que algo não ia bem, ele era um marido atencioso e nunca me negava nada, sempre sedia aos meus caprichos sem deixar que eu soube-se das suas dividas mais, o seu comportamento...

Mais um relato contado por ela .. Após o dia e que treinei perna e meu Instrutor me encochou .. aquilo ascendeu minhas fantasias e motivada pelo meu marido .. arquitetei mais uma brincadeira ... queria ver de novo meu Instrutor excitado.. Cheguei...

Categorias

Ranking

MAIS LIDOS DA SEMANA

Online porn video at mobile phone


contos eroticos esposa safadaconto eroricocontos eroticos swingnovos contos eroticoscontos eróticos masturbaçãocontos eroticos com empregadacontos eroticos familiacontos eroticos carnavalcontos eroticos amadoresperdendo a virgindade contocontos erotcocontos eroticos bizarroscontos eroticos de casaiscontos de menagecontos erotico reaiscontos eroticos primeira vezcontos eroticos mulheressiririca contoscontos eróticos orgiacontos eróticos abusadacontosneroticosconto pornocontos eróticos melhoresmelhor conto eroticocontieroticocontos sexo reaisrelatos eroticos femininoscontos eroticos insestocontos pornografiadupla penetração contoscontos de sexo realcontos eroticos curtocontos eroticos pai e filhamelhor conto eroticocontos eroticos melhor amigocontos eroticos curtoscontos eróticos pai e filhaconto erotico de cunhadameu primo me comeu a forçacontos eroticos masturbaçãocontos eróticos quentesporno contocontos exibicionistasforum eroticocontos eroticos exibicionismocontos eróticos de incestoscontos incesto realdei o cuzinhomelhor site de contos eróticoscontos eroticos sem viruscontos de siriricacomi minha filha contosconto comendo a vizinhaporno incesto contoscontos lesbicoscontos roticoscontos eroticos sobrinhoconto erótico cornosites de contos eroticoscontos eróticos fetichescontos eroticos campinascasadocontoseroticosconto erotico perdendo a virgindadecontos eroticos/incestocontos eroticos fantasiasconto erotico gravidasexo em familia contoscontos eróticos curtoscontos sacanagemcontosneroticoscontos eroticos de esposascontos eroticos lesbicacontos eróticos lésbicocontos eroticos de putascontos gravidascontos eroticos comendo a vizinhacontos eróticos analcontos eroticos vipcontos eroticos maesconto erotico de incesto