Minha Tara (3)

Minha esposa era professora e diretora de uma grande escola estadual. Tinha a seus cuidados mais de 2.000 alunos e por consequência dezenas de professores. Quando das festas e comemorações eu era convidado a participar acompanhando-a. Pude observar belas professoras e magníficos exemplares do gênero masculino. Havia um, em especial  que se destacava, educado, com seus 30 anos aproximadamente, solteiro, era agradável tanto pelo fino trato como pela aparência física. Ela já havia relatado de um tal fulano, o próprio, que sempre elegante exalava belo e caro perfume, o que lhe agradava deveras. Tive oportunidade de conhecê-lo numa destas festividades. De imediato surgiu-me a ideia de me referir a ele em próximo encontro intimo com ela, o que não tardou àquela mesma noite.  Voltando para casa e deitados, já engatilhados após as preliminares, cochichei nos seus ouvidos se podíamos convidar uma terceira pessoa a partilhar nossa noitada. Repentinamente ela deu uma estancada, crente talvez que fosse eu me referir a uma figura feminina; ela, de natureza ciumenta, assim reagira mas, quando me referi ao cheiroso professor e coisa e tal, desarmou-se em clara evidencia de aceitação. Neste momento eu latejava dentro dela como nunca; sentia também o pulsar vaginal apertando-me em espasmos. Creio piamente que muitas vezes ela já tinha fodido comigo pensando justo no tal primoroso professor. De uma forma ou de outra, eu teria chifres cheirosos e bem aprumados. Ao contrário, me senti até um tanto vaidoso. Continuei a comandar o joguinho que ora se iniciava, com muita cautela e discrição, sem vulgarizar o ato. ?Pois é, disse-lhe eu, adoraria saber de que fulano pudesse assistir como você me faz feliz na cama. Adoraria que ele estivesse sentado aos pés de nossa cama e ouvisse o entrar e sair de minha rola neste seu buraquinho tão apertado. Adoraria que ele, que gosta tanto de um gostoso perfume pudesse sentir o aroma que sai de sua bucetinha quando me fode gostoso.? Caramba, acho que exagerei pois imediatamente ela entrou num espasmódico orgasmo que me arrastou junto dando golfadas à exaustão. Não preciso dizer que quando deitados, um juntinho do outro, sentimo-nos muito mais próximos do que antes pela  cumplicidade criada. Cochichei em seus ouvidos o quanto fizera-me feliz por deixar a gostosa viagem dos nossos sentimentos voarem àquelas alturas. Perguntei-lhe o que sentira e a resposta apesar de curta: ?adorei?. estava tomada de esperanças para um futuro bem próximo.

Contos relacionados

Desejos Da Enteada

Desejos da Enteada Desejos da Enteada... Não sei o que fazer quando olho para a cara que ele tem, de homem louco, de um psicopata.Me pego sempre pensando nele, pensando em como seria se eu cedesse o que ele me pede,mas sei que não poderia...

Meu Sinhozinho Malta

Existem situações inusitadas quando se trata de sexo, a famosa química, as vezes pode nos colocar em verdadeiras situações inusitadas Como já disse em um dos meus escritos, sou uma mulher madura muito comum, não sou malhada, carrego quilos a mais,...

Confissões De Uma Esposa Carente:

AMIGOS, O CERCO ESTÁ SE FECHANDO, UM MÊS DEPOIS DO ÚLTIMO PAPO COM MINHA ESPOSA, LÁ ESTAVA EU, OUTRA VEZ FAZENDO MASSAGENS NOS PEZINHOS DELA, NO SOFÁ DA SALA. LHE FALEI SOBRE A ÚLTIMA CONVERSA QUE TIVEMOS, QUANDO ELA ME DISSE QUE ALGUÉM TINHA GOZADO NA...

Surpresa E Presente Da Minha Irmã!

Surpresa e presente da minha irmã! CONTINUAÇÃO DO CONTO: Tirando a virgindade da minha irmã!!! Passados 2 meses em que transei com minha primeira mulher, que por coincidência é minha irmã, continuávamos nossas vida normalmente,...

Inicio Do Casamento Liberal Parte I

Olá, oque vou relatar aqui nessa história são acontecimentos verídicos, depois de ler muitos contos e depoimentos, sendo alguns completamente fantasiosos, resolvi conta a historia de minha esposa e eu de como iniciamos na vida liberal de casal, talvez...

Na Estrada

A viagem estava cansativa, já estávamos rodando a mais de 4 horas sem parar. Minha linda esposa estava com fome e os dois filhos queriam banheiro. Não gosto de parar nas viagens e ainda faltavam 2 horas para chegarmos a BH.  Depois de muitas...


Online porn video at mobile phone


contos eróticos com paiencoxada no metrocontos eroticos lesbicosrelatos eroticos veridicoscontos eroticos porncontos porno cornomelhores contos eroticoscontos eroticos campinascontos eróticos cucontos eroticos cavalocontos eróticos de surubacontos eroticos para mulherescontos fetichecontos de mulher casadaconto incesto maecontos eroticos siriricaconto erotico transexcontos eroticos -tia contos eroticossexo em familia contosincestocontoscontos eroticos melhorescontos eróticos surubaconto erotico virgemcontos eróticos comi minha irmãcontos de troca de casaisdei para o amigo do meu maridocontos eroticos femininosconto erotico com a cunhadacontos eróticos de surubacontos eroticos negrascontos eroticos de ninfetasconto erotico irmãocontos eróticos de mulheres casadasconto erotico de incestoconto erótico irmãcontos eroticos de lesbicascontos eróticos proibidocontos eroticos na escolacasados contos eróticosconto erotico tiacontos eróticos lesbicasconto amadorconto erótico de incestohistoria de sexo lesbicocontos eroticos massagemcontos eroticos amigoshistorias de sexo incestocontos eroticos amigascontos lésbicosconto erotico curtocontos eróticos titiocontoseroticoscontos eróticos abusadacontos eroticos punhetacontos eróticos primeira vezconto erotico professorcontos eroticos tiacontos sexcontos eroticos cunhadairma contos eroticoscontos eroticos pedreiroscontos incestos gayscontos eróticos lésbicascontos eriticoscontos eroticos de irmãoscontos eróticos de casadascontos incesto mae e filhocontos eroticos japonesacontos eroticos com animaisfetiches eroticoscontos eroticos onlinecontos eróticos incestuososcontos encoxadascontos erotic oscontos eroticos pedreiroscontos eroticos de casais liberaiscontos eroticos pesadoscontos eróticos femininodeu pro cunhadocontoscasadoscontos eroticos ineditoscontos de exibicionismodei o cuzinhocontos eroticosincestocontos eroticos realstrapon contoscontos eroticos onibus lotadocontos eroticos comendo a mae