Uma primeira vez de qualidade.

Apenas uma caminhada.

Era agosto e eu tinha acabado de ser pedida em namoro, imagina a alegria?

Ao entardecer proponho uma caminhada para conversarmos melhor, nos distrair. Até que ele lembra do fato de eu conhecer um local escuro e que sabendo a apaixonada por constelações que eu sou, me acompanhou até este local.

Sentamos, nos beijamos, nos apertamos. Até que ele fala que deveríamos arriscar fazer sexo em ?

Timidez para quê?

Super distraída com a boca maravilhosa que ele tinha, nem percebi as suas intenções. Mas eu me deixei levar, super envergonhada por meu corpo e super entregue por conta dele e seus carinhos. Entrega total!

Quando eu começo a esquentar o beijo e quero beijar mais ainda teu pescoço ele me agarra, puxando os cabelos, e diz que adora meu olhar provocativo.

Se senta no chão e tira toda minha vergonha me deixando apenas com uma das pernas da calça ainda no corpo e me chupa, como nunca antes. Eu diria que isto é um dom! Eu me senti fora de controle e mordi meus dedos para abafar os gritinhos que soltava, já que era local público. Eu estava assustada esperando que alguém aparecesse por ali, mas eu estava me acabando de prazer. Um orgasmo estava perto.

Ele se coloca de pe novamente para me beijar me fazendo sentir o meu gosto: doce. Eu começo a punheta e percebo que é grosso (me assustei mesmo) e ele me pede com um olhar significativo que eu abaixo na hora e chupo com gosto!

Eu nunca havia gostado tanto de ter ficado minutos por cima de minutos chupando um homem. Quando levantei ele de forma “violenta” porém gostosa demais e dominadora, me deixa de costas para ele e tenta encaixar. Primeiro problema: Eu estava super molhada, porém apertada demais. Segundo problema: Ele era virgem e eu estava com medo de machuca-lo. Terceiro problema: Eu estava a meses sem transar, já me sentia virgem novamente.

Eu me ajustei um pouco mais e abri bem a minha bunda dando uma boa visão e fiz ele escorregar devagar para dentro de mim. Com um vai-e-vem de tirar o fôlego e morder lábios. Eu estava enlouquecendo já de prazer, me sentia bem demais. Eu tomo uma atitude mesmo com vergonha e o chamo de amor, pedindo para que sentasse. A intenção era óbvia!

Eu sento em cima dele e me deixo levar bem devagar para que ambos saboreassem a sensação. Como dois descontraídos que somos eu solto a frase “Parabéns, você não é mais virgem”. Com a risada maliciosa que ele soltou eu fui nas nuvens!!! Ele encaixou de uma forma que eu soltei o gemido bem alto.

Se entrega mais um pouco, meu anjo.

Fiquei um pouco de quatro depois e minha nossa, que delícia. Dali perdi todas minhas estribeiras e rebolei igual puta. Estava adorando, porém continuava com um ar de meiguice. Eu comecei a me sentir totalmente devassa, sem pudor e muito feliz.

No fim de tudo vejo que as pernas dele tremiam a cada vez que eu segurava em seus ombtos e cavalgava com ganância. Ora, ora um orgasmo?

Fico tentada a descobrir o gosto porém, deixo para outros tempos. Saímos do local disfarçando ao maximo e super relaxados, ao chegar quase entrando em nossas ruas a ficha dele caí. É satisfatório de ver! Confesso~.

No outro dia só queríamos mais e mais.

Contos relacionados

Aventura Em Jericoaquara

Aventura em Jericoaquara Aventura em Jericoaquara    A noite estava muito quente e uma lua linda e brilhante no céu, estava muito bom ficar naquela rede ali com vc! Já estávamos em nosso segundo drink e as coisas ficavam mais quentes...

Conto erótico com minha cunhada

Conheci minha cunhada no dia em que conheci minha esposa. Estávamos em uma festa, quando fomos apresentados e aí tudo começou. Ela tinha 18 anos, minha esposa 19 anos e eu 21 anos. Minha cunhada tem cerca de 1,65 m e era o tipo normal de mulher, sem chamar...

Uma Experiência Curiosaí

Eu era nova no apartamento e não tinha intimidades com os meus vizinhos, mas constantemente ouvia os sons das brigas conjugais que vinham de lá, o homem parecia estar sempre embriagado e a sua esposa recusava a se deitar com ele. Alguns dias após a minha...

Minha Cunhada

Minha cunhada Olá!. meu nome e marcos 29 anos e nao vejo motivo pra esconder meu nome verdadeiro.O que venho relatar aqui foi uma das experiencias mais gostosas que ja tive em minha vida. Sou moreno de pele clara ,1.90 m 96 KG bem distribuidos em...

Corno Jamais, Cumplice Sim!

Durante as relações eu e minha mulher sempre pensamos num ex-namorado pelo qual ela foi e continua sendo apaixonada. Hoje somos cumplices desse triangulo amoroso. Quando ainda não casados ela me colocou um par de chifres com ele, hoje desejo que o faça...

Carona Do Fofinho

oi !!! Me chamo lu tenho 37 anos casada a vinte anos, sou alta 1,70 morena de cabelos compridos.o meu conto de hoje começa com uma carona que me oferecerão depois de sair de um bar com mais tres mulheres e o namorado de uma delas,esperavamos o onibús...



contos eroticos dotadoscontos de pai comendo filhaconto erotico enfermeiracontos eroticos sem virusconto punhetacontos eroticos contados por mulherescontos eroticos incestocontos eróticos de mulherescontos eróticos sogrocotos eroticocontos porno incestocontos eroticos incesto pai e filhacontos roticoscontos eróticos com a tiacontos eroticos bem dotadocontoerotivocontos eroticos de incestostravesti contos eroticoscontoseoticosconto erotico lesbicocontos eroticos on lineconto erotico sadoconto erotico surubahistoria real de incestocontos eróticos pequenoscontos de insestoconto siriricacontos bondageconto erotico putariacontos eroticos hospitalconto erótico lésbicascontos eroticos de irmãoscontos de incesto entre mae e filhocontos incestuososcontos eroticos de irmaocontos eroticos insestocontos sexuaisconto erotico mulher casadacontos eroticos incesto pai e filhacasa dos contos eroticosconto erotico comi minha filhacontos eroticos de gravidascontos de cornosdupla penetração contosconto erotico realconto erotico professorconto erotico abusadacontos eroticos de exibicionismocasais eróticosconto erotico irmaconto erótico 2018conto erotico trabalhocontos negaocontos eroticos tiacontos eroticos namoradafamilia incestuosa contosconto porno maes 2017conto erótico realcontos eróticos casadascontos erotocontos eroticos novosminha esposa com travesticontos eroticos massagemcontos eroticos teencontos eroticos gordinhascontos erotico cunhadacontos eroticos minha primeira vezcontos de menagecontos eróticos de cornocontos masturbaçãocontosdeincestoconto irmacontos roticosconto erótico cunhadaconto pornocontos eroticos quentecontos eroticos vizinha novinhacontos eroticos incesto realcontoerotococonto erótico dupla penetraçãocontos eroticos putascontos de insestocontos eróticos papaicontos de sexo incestocontos eroticos incestuososcontos de fetichehistorias eroticas reaiscontos erotico no onibus