Ainda Virgem

Ainda virgem

Até a semana passada, eu sonhava em me casar virgem e sempre soube segurar os meus desejos ate conhecer o Raul. Raul era um cara maduro diferente dos rapazes que eu conhecia, muito paciente ele soube esperar o meu momento para avançar o momento em que eu quase implorei para que ele me possui-se. Já estávamos namorando a uns três meses e sempre que o clima esquentava eu pedia para ele parar. Paciente ele segurava a onda, esperava o clima acalmar e depois voltava a me provocar. A verdade era, que eu não estava mais conseguindo me segurar de tanta vontade de me entregar para o Raul e ele estava cada vez mais persuasivo na sua insistência, fazendo com que eu deixa-se toda molhada o forro da minha calcinha.Saímos de uma festa e ele rumou para o seu apartamento, insistiu para que eu subi-se pós uma musica suave e me serviu um drinque, começamos a nos beijar e logo suas mãos habilidosas começaram a percorrer meu corpo, pós meus peitos para fora da blusa e começou a chupar faminto, tomada de desejo, me deixei levar pelo tesão e permiti que ele tira-se o meu jeans ele foi descendo cuidadosamente me beijando o ventre e quando tentou tirar a minha calcinha eu segurei na sua mão e tornei a afirmar para ele que eu era virgem e ele me disse que não iria tirar a minha virgindade mais iria me mostrar como eu poderia ser mulher, ter prazer sem precisar transar ou ate transar sem perder a virgindade. Na hora pensei, os homens são todos iguais, sempre dizem que não vão abusar mais não perde a primeira oportunidade de tocar cada parte do seu corpo e perguntei como uma mulher pode transar e continuar virgem e ele respondeu, relaxa e deixa isso comigo. ele voltou a beijar meu ventre, foi descendo e começou a beijar e a morder a minha bocetinha sobre a calcinha, beijou a parte interna das minhas coxas e voltou a beijar a minha calcinha, passava a sua língua entre a minha coxa e a minha calcinha me arrepiando e logo em seguida ele pressionou diretamente a sua língua sobre a minha calcinha úmida me fazendo suspirar de tesão e eu nem percebi quando ele jogou a minha calcinha para o lado e começou a chupar diretamente a minha bocetinha que esguichava meu prazer na sua boca. Sim, eu já estava pronta para me entregar para o Raul mais essa noite não passou disso e no dia seguinte eu passei o dia todo sentindo a minha bocetinha piscando de tesão e a noite voltei ao seu apartamento fiquei aguardando no corredor ate ele chegar do trabalho e fomos direto para a sua cama e desta vez eu estava completamente nua e novamente o Raul foi maravilhoso, ele me abria e enfiava a sua língua o mais fundo possível, ele me comeu só com a sua língua e depois que eu gozei bastante ele se deitou por atrás e me abraçou, ficamos curtindo um pouco aquele momento mais eu ainda queria mais e comecei a esfregar a minha bunda naquele cacete duro feito pedra. Então ele levantou um pouquinho a minha perna e meteu o seu cacete entre as minhas coxas e começou a fazer um vai e vem, eu estava muito molhada e sentia ele escorregar fácil entre as minhas coxas, entre uma e outra estocada as vezes ele apontava como se fosse me invadir mais foi o próprio Raul que não permitiu que isso acontece-se e novamente eu sai virgem daquele apartamento. Fui para minha casa, tive um sono intranqüilo e acordei possuída de desejo, me masturbei ainda na cama enquanto falava com o Raul pelo telefone, levantei e fui tomar um banho e me masturbei novamente em baixo do chuveiro, fiquei o dia todo agoniada olhando para o relógio querendo que desse logo a hora do Raul chegar do serviço e lá estava eu novamente em pé no corredor aguardando o Raul chegar, começamos a nos beijar no corredor, entramos e as roupas começaram a cair pelo chão enquanto nos dirigíamos para a sua cama. O Raul me pós de quatro sobre a sua cama e se ajoelhou por trás, nessa posição a sua língua me invadia mais um pouquinho e eu esguichava todo o meu prazer no seu rosto, ele se levantou e ficou pincelando seu cacete na entrada da minha bocetinha, eu mordia o travesseiro cheia de tesão só esperando a hora de ser invadida a qualquer momento e finalmente quando ele me penetrou, eu pedi para que ele tira-se por que estava doendo muito, eu projetei meu corpo para frente para tentar fugir mais ele me acompanhou deixando seu corpo cair sobre o meu me penetrando ainda mais. Depois de alguns minutos imóvel ele retomou o vai e vem e aquela dor aguda já havia passado, eu podia sentir o seu cacete deslizando dentro do meu cuzinho e enquanto ele metia massageava o meu grelinho me fazendo gozar com o seu cacete no meu rabo, fiquei maravilhada em ouvir seus urros de prazer quando ele gozou e eu também gozava ao sentir cada latejada que o seu cacete dava dentro do meu cuzinho. O safado Raul cumpriu o que prometeu e me fez mulher sem tirar a minha virgindade me mostrou que eu podia ter uma relação sem penetração ou ter penetração e continuar virgem, só que ele não quer nem ouvir falar em casamento e eu estou doida para perder meu cabaçinho molho a minha calcinha só de pensar no cacete do Raul me rasgando, mais no cuzinho todo dia não dá e do jeito que eu ando me masturbando agora vou acabar perdendo meu cabaçinho para meus próprios dedinhos.    

Contos relacionados

Surpresa Deliciosa

Este é meu primeiro conto, espero que gostem, irei usar nomes ficticios. Sou Jorge, sou branco estilo alemão, tenho 67 kg, 1.69 de altura. Uma sexta-feira, após um dia de muito trabalho e uma semana muito extressante, como de costume nos do trabalho fomos...

Fantasia Erótica Realizada

Fantasia Erótica Realizada Olá,me chamo tal .Estou aqui pra contar um sonho erotico agora realizado todos os dias.Comecei minha vida sexual,perdi a virgindade com um cara  na epóca,não foi lá uma coisa muito prazerosa,mesmo eu não...

Juliana Minha Delicia Do Msn

Juliana minha delicia do msn Em uma tarde intediante de domingo estava eu no bate papo de minha cidade , quando me chamou atenção um nick que estava na sala misteriosa_bi. Começei a conversar com a quela garota pois minha intenção era arrumar...

Minha Experiência Como Massagista

Minha experiência como massagista Vou usar meu nome de guerra... Carla, baixinha, loira de cabelos curtos, olhos verdes, seios em formato de pêra duros e bicudos, uma bundinha empinadinha e uma xoxotinha com pelinhos aparados formando um triangulo...

Sufocante Desejo!

Sufocante Desejo! Era Julho, começava nossas férias, eu junto com meu irmão optamos por passarmos 12 dias na casa da Malu, nossa tia materna que sempre nos cobrava para que fôssemos passar alguns dias com ela, já que nossos primos agora moravam...

Chupeta No Provador

Eu iria a um aniversario e decidi ir comprar roupas novas, era mal encostar numa vitrine e logo vinha alguma vendedora querendo saber se poderia me ajudar, como estava indeciso sobre o que eu iria levar, dizia que não, ai ela me dava o seu cartãozinho da...


Online porn video at mobile phone


contos eróticos comi minha irmãconto comendo a vizinhaconto eróticacomendo a irma contosconto pornôcontos reais sexoconto eroticoacontos eroticos melhoresconto erotico mae e filhotia contos eroticoscontos eroticos na academiacontos de sexo lesbicocontos eroticos cunhadinhaconto erotico de padrastocontos de incestoscontos eróticos titiocontos eroticos de exibicionismoconto erotico padrecontos erotico sexocontos erotico no onibuscontos eroticos incesto maeconto eroticoacontos de empregadascontos eróticos fetichescontos eroticos com professorcontos porno cornocontos eróticos orgiasconto erótico lésbicacontos eroticos porncontos eróticos primacontos eróticos cunhadacontos eroticos com professorsuruba contocontos eróticosincestocontos eróticos titiocontos eróticos virgensconto erotico reaiscontos eroticos incestuososcontos de ninfetascontos de pai comendo filhacontos erooticoscontos eroticos romanticoscontos sobre incestosites de contos eroticoscontoscasadoscontos reais de incestoshistorias reais de cornoscontos eróticos com paicontoroticocontos porno cornocontos eróticos analencoxada no metrocontos troca de casaiscontos eróticos com enteadacontos eroticos de filhascontos eroticos enfermeiraacervo de contoscontoseroticoscontos intimoscontos negaocontos encestocontos de incesto realcontos eróticos de incestosconto erótico cornocontos eroticos webincestos contoscontos eroticos curtoscontos eroticos?trackid=sp-006contos sexuais reaisputas jacareicontos eroticontos eroticos quentecontos esposa safadacontosberoticoscontos eróticos de namoradoscontos eroticos 2019contos de swingcasadocontoeroticocontos eroticos atualizadoscontos eroticos tremsendo encoxadaconto eroticoscontos eróticos praiacontos de fetichecontos eroticos de irmao e irmacontos eróticos cunhadacontos eroticos acampamentosexo em familia contoscontos eroticos vizinhacontos eroticos gay novinhoscontos eróticos femininoswww.contos eróticos.com.brcontos eróticos lesbicocontos eroticos da vida realcontos eróticos mãe e filhocontos eroticos de mulheres casadasos melhores contos eroticoscontos eróticos cunhada